A solução do problema da dengue e suas mazelas passam por aqui…Cidade sem saneamento, é cidade doente!(Fernando Cunha), Paulista, 20/03/2016

 

Esgoto corre sem tratamento para Lagoa do Náutico, em Jaboatão. Foto: Guga Matos/ JC Imagem

Esgoto corre sem tratamento para Lagoa do Náutico, em Jaboatão. Foto: Guga Matos/ JC Imagem

 

Não é só água limpa. Mosquito gosta de esgoto. Daí é difícil entender como ninguém lembrou de debater, em meio a uma epidemia de doenças ligadas a mosquitos, a PPP da Compesa, contrato de parceria público-privada assinado em 2012 com a Odebrecht Ambiental para “universalizar” o saneamento do Grande Recife em 12 anos. E olhe que o tema da Campanha da Fraternidade este ano é sobre saúde e saneamento.

Bem, ao que parece, ainda dependeremos muito do fumacê. A Odebrecht Ambiental, braço da Odebrecht nesse contrato avaliado, em 2012, em R$ 16 bilhões, fechou 2015 cortando 400 funcionários em Pernambuco, diz o sindicato. A empresa tinha mais de 800. As demissões foram em dezembro. Antes, cada caminhão da empresa tinha uma equipe de três funcionários. Hoje são dois, diz o sindicato. As obras praticamente pararam. E os relatos vão além da versão dos trabalhadores.

As prestadoras de serviços narram atrasos de pagamentos e pressão para renegociar contratos. A soma de Lava Jato, crise e restrição ao crédito comprometeu o cronograma de em 2024 termos o saneamento no Grande Recife subindo de 30% para 90%, com 100% tratados. E o poder público, como fica?

A crise afeta ambos. Na PPP, a Compesa tem que investir R$ 1 bilhão nos 35 anos de contrato e a Odebrecht, R$ 3 bilhões. O parceiro privado travou de um lado, a Compesa, sem receber dinheiro do Estado, do outro. Tem de andar com caixa próprio.

Agora, a PPP não parece dar prejuízo. Parte da Odebrecht Ambiental foi posta à venda, não a operação de Pernambuco. Ou seja, não é o fim da PPP. É a demora. E tome fumacê.

Fonte:Jc , coluna Pinga Fogo – 17/02/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *