Resultado de imagem para caveira

 

São Paulo

Casal é flagrado fazendo sexo em necrotério de hospital

Publicado em 06/01/2016, às 16h01 | Atualizado em 06/01/2016, às 16h06

Do Estadão Conteúdo

 

Homem e a mulher, encontrados nus em atividade sexual, seriam funcionários de uma empresa terceirizada / Foto: reprodução

Homem e a mulher, encontrados nus em atividade sexual, seriam funcionários de uma empresa terceirizadaFoto: reprodução

Um casal foi flagrado tendo relações sexuais em uma maca do necrotério do Hospital Regional de Sorocaba, o maior hospital público da região. O flagra foi dado por uma funcionária quando levava o corpo de um bebê para o necrotério, que funciona no subsolo do hospital. Ela denunciou o caso à diretoria do Conjunto Hospitalar de Sorocaba, responsável pela unidade. 

 

O caso ocorreu no dia 27 de dezembro último, mas só nesta quarta-feira, 6, com a repercussão do episódio, a diretoria abriu uma apuração preliminar. De acordo com os comentários, o homem e a mulher encontrados nus em atividade sexual, seriam funcionários de uma empresa terceirizada e trabalham na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. Quando o fato ocorreu, havia corpos no necrotério à espera de encaminhamento para o Instituto Médico Legal (IML).

Em nota, a Secretaria da Saúde do Estado informou que a diretoria do Conjunto Hospitalar de Sorocaba recebeu a denúncia sobre o caso e abriu uma apuração preliminar para identificar os supostos funcionários que estariam envolvidos. Se o fato for confirmado, serão tomadas as providências cabíveis.

ESCÂNDALO – O Conjunto Hospitalar de Sorocaba recebe pacientes de 48 cidades da região. Em 2011, o Regional esteve envolvido num escândalo, quando membros da diretoria e do corpo clínico foram presos na Operação Hipócrates, da Polícia Civil e do Ministério Público, acusados de fraudar contratos, licitações e o pagamento de plantões médicos. Na ocasião, o conjunto hospitalar sofreu intervenção do Estado.

Fonte: NE10 – 06/01/2015

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *