Monthly Archives: agosto 2015

São José do Egito mostra força e vitalidade no Rock…..

A banda Qual foi, com a música – "Eu não fiz nada" que foi todo feito na garagem…garagem???, pois é, todas as grandes bandas começaram em garagem….

É preciso que todos se conscietizem que a cultura é plural e que os garotos estão fazendo um trabalho digno de respeito e merece um olhar mais aguçado dos poderes para um apoio….não apenas financeiros, e sim de articulação,parcerias.

REVELAÇÃO: A Banda QUAL FOI se Destaca no seu Primeiro Evento a Participar

 

 
No MotoFest 2015 na cidade de Patos na Paraíba, uma Banda de São José do Egito, no Pajeú Pernambucano. "Qual Foi" foi à vencedora de um concurso realizado no evento com a música autoral "Eu não Fiz nada" escrita pelo vocalista Carioca e seu irmão.
 
A música é um Reggae Rock que conta a realidade de um Cidadão, uma prostituta e um Político.
 

O vocalista da banda Campeã, Carioca, informou que a mesma não teve incentiva de nenhum da cidade e ensaiavam em um quarto em obra sem reboco, tudo era registrado através de gravações de vídeos no celular e ao mesmo tempo divulgavam na internet.
 
Além do vocalista Carioca, a banda conta com Cachorrão (baterista), Kabass (baixo) e Cobel (guitarra).
 
Contatos para Shows: (87) 99980-4705 Falar com Carioca
 
 
 
 
E o sucesso da Banda já corre solto pela Região e carimbou o passaporte para o 11 TRIUNFO MOTOFEST…gente temos que ter um baita orgulho dessa rapaziada…..e quem disse que "eu não fiz nada"? fizeram e fazem pela Cidade de São José do Egito, quando levam seu nome, sua identidade,seus sonhos e enchem de orgulho. Sucesso galera.
 

Vem aí 11º TRIUNFO MOTOFEST, na cidade de Triunfo/

 

 


 
Segundo informações dos Organizadores desse Evento, há 11 anos que tem esse evento na cidade e Eles são  hoje o maior e melhor evento turístico da cidade de Triunfo-PE. Na expectativa de colocar 2500 a 3000 motos no evento. Nos dias 10,11,12 e 13 de Setembro.
 
 Público estimado 30.000 pessoas. Somos o CARETAS MOTO CLUB DA CIDADE DE TRIUNFO-PE, é uma Associação Civil, sem fins lucrativos, formados por 30 associados, com o intuito de difundir a cultura, o laser e o motociclismo,  e temos como lema a preservação do meio ambiente e a sustentabilidade. E o destaque das Bandas fica por conta da mais novas revelação do Pajeú, a Banda QUAL FOI da cidade de São José do Egito/PE, a banda Campeã do Evento realizado na cidade de Patos na Paraíba. Convidamos desde já todos os internautas e amigos para fazer presença nesse Evento na belíssima cidade de Triunfo/PE.
 

 

 

 

Resultado de imagem para jarbas vasconcelos

 

Em algum momento, disseram: Jarbas está no caminho da perdição…

Quando indicou Mendonça para ser candidato a governador e perdeu, o mesmo falou: vamos ter um período invernoso.

Quando disputou com Eduardo, perdeu…….com uma grande diferença…..

Mas nunca perdeu a compostura, a serenidade, a competência, e sempre fiel ao seu estilo franco, direto e foi e é o maior opositor de Lula, Dilma, e não querendo as facilidades que essa turma ofereceu…..inclusive o próprio Lula ofereceu a ele ser vice-presidente…..e não aceitou…como o mundo dá voltas e a política é dinâmica… o inverno está acabando e o sol está  brilhando e os ventos estão no seu caminho e se o cavalo passar selado….ele monta…veja o que disse o publicitário Marcelo Teixeira no Blog do Magno…

assino embaixo:

Do publicitário Marcelo Teixeira, da Makplan, que acompanha de perto o cenário político com lupa de águia, recebi a avaliação abaixo sobre o quadro que enxerga, hoje, sobre as eleições no Recife ano que vem. Suas impressões saem depois do almoço na casa de Jarbas Vasconcelos (PMDB), sábado passado, no qual o prefeito Geraldo Júlio não foi convidado, mas apenas o governador Paulo Câmara.

“Caro Magno, Jarbas deixou claro o jogo local com o cozido que promoveu em sua casa, no Janga, por ocasião do seu aniversário. Convidou apenas três políticos: Raul Henry, que é da casa; Paulo Câmara, o governador; Tony Gel e Ricardo Costa, ambos do seu partido, o PMDB. Deixou o prefeito Geraldo Júlio fora e prestigiou, como é de seu feitio, os dois aliados na Assembleia, um de Caruaru e outro de Olinda.

Sem precisar dizer um só palavra mostrou que o jogo é para quem é do ramo e competente. No plano nacional, a estrela e o destino o colocam como um ou o principal personagem do momento. Nenhum outro parlamentar tem a história, a experiência, a competência e a autoridade moral dele para no Congresso dar o exemplo ao País que o Moro está dando no Judiciário.

Estou na torcida dos que acreditam que o Brasil tem jeito. Jarbas, na verdade, tem tudo para presidir a Câmara dos Deputados, e tendo novas eleições, o que não está descartado em função da fenomenal crise, vir a ser o presidente da República por três meses, podendo ainda a concorrer na eleição a vice-presidente numa chapa tucana, encabeçada pelo senador José Serra. 

Quanto a Aécio, minha visão é a de que só será presidente sem eleição, ou seja, anulada a votação de Dilma, ele, como o segundo mais votado, assumiria. Serra ganharia a preferência tucana para o governador Geraldo Alckmin, seu aparente concorrente, porque este está se preparando para 2018. Para sair agora teria, portanto, que renunciar. A bola da vez é Serra.

Em 1985, o gênio Chico Buarque, na letra do samba que fez para a campanha vitoriosa de Jarbas prefeito, com sentimento e sensibilidade, disse: “Jarbas é a cara do povo, sente o que eu sinto, o que eu quero ele quer, é meu canto, é meu grito, é a voz do infinito, é palavra de fé”.

E Jarbas, como sempre – e isso ouvi de grandes nomes da política pernambucana e brasileira – nunca transigiu no seu estilo, sendo fiel aos princípios que norteiam até hoje suas ações na vida pública com o respeito dos aliados, ex-aliados, adversários e adversários que se tornaram aliados ou aliados que se tornaram adversários.

E aqui lembro Pelópidas, Egídio Ferreira Lima, Fernando Lyra, Eduardo, Roberto Magalhães, Joaquim Francisco, Marco Maciel, Roberto Freire, Maurílio Ferreira Lima e tantos outros, como o grande Paulo Cavalcanti, Byron, Marcos André, Cristina, Ulisses Guimarães, Pedro Simon, José Serra, Geraldo Alckmin, Aécio Neves, Armando Monteiro e Silvio Costa.

Tenho convicção de que Jarbas hoje representa todos esses, assim como tenho a certeza de que os vivos estarão juntos com ele. Quanto aos mortos, honrará suas memórias”.

Fernando Cunha – 27/08/2015

SEM PALAVRAS…..APENAS OLHE A FOTO..

 

Na avaliação dos representantes de Dilma Rousseff sobre as manifestações de 16 de agosto a foto diz tudo

 

Publicado por Fernando Castilho às 22:20

 

971979-17.08.2015dsc_0634

 

Lembra daquela frase: uma foto vale mais do que mil palavras? Um dia após a terceira série de manifestações pelo país contra o governo da presidenta Dilma Rousseff, a imagem do ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva, quando informou nesta segunda-feira (17) que a mobilização de ontem (16) foi vista como “um fato […]

FONTE: NE10 – JC NEGÓCIOS

FERNANDO CUNHA

 

O EGITO FICOU SEM ENERGIA  E  FLORES GANHA O SOL

Resultado de imagem para energia solarResultado de imagem para energia solar

A construção da planta solar vai gerar 350 empregos diretos e indiretos na Cidade de Flôres, Sertão do Estado. A energia deverá ser vendida por aproximadente R$ 264 o megawatt-hora (MWh). No leilão que o governo federal fará em agosto, a energia solar está com o teto máximo de R$ 349. 

Quando estiver instalada a Empresa vai gerar 350 empregos diretos e + 750 indiretos…..

No face mim deparei com um post que descrevo abaixo do amigo Claudevan Filho, cuja preocupação mostra o quanto a Cidade precisa de mudanças urgentes neste modelo.  Vejamos algumas observações:
 
A Cidade de Flôres ganhou o Prêmio de Empreendedor?
Tem Agência de desenvolvimento?
Tem mais sol que nós? lá tem mais gente inteligente? São de Marte?
Tem mais políticos articulados? cadê os ex isso, ex aquilo!
 
História de coxia: No ano de 2013 em janeiro, início do Governo atual, eu mesmo levei um amigo empresário que desejava montar uma pequena indústria de polpa de frutas; o que queríamos? o terreno! seriam 15 empregos! sabe a resposta do prefeito? sem interesse. A cidade não tem capacidade de gerar emprego! bastar olhar no caged do Ministério do Trabalho! façam as contas. Agora não precisa os exs ficarem felizes; pois a quantidade de pessoas neste últimos 05 anos que perderam seus empregos é alarmante. 
Qual a Cidade que queremos?

 

 
10 h · publicado no face em 18.08.2015

 

Venho aqui parabenizar a cidade de Flores pelo recebimento do parques solares que vão sediar na cidade com investimentos de cerca de 200 milhões de reais,geração de empregos diretos e indiretos…será que só foi pela boa localização geográfica? Aqui tb tem sol o ano todo!!!!Ou pq tem uma boa quantidade de água? Ou ainda pq seus representantes correram atrás de investimento externo? Tudo é importante, mas a atitude dos governantes é que fazem toda a diferença na melhoria da qualidade de vida e isso passa diretamente pela geração de empregos e não ficar refém de prefeitura e favores políticos!!! Atitude faz toda a diferença!! Eita São José sofrida de ações inovadoras!!!

 

 

Fernando Cunha – 18/08/2015

Fonte: NE10; face de Claudevan Filho

“O essencial é invisível aos olhos.” Esta famosa frase pertence ao livro O Pequeno Príncipe, obra prima do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, uma das obras mais vendidas em todo o mundo e que está prestes a virar filme. Se você ainda não viu o trailer, é melhor pegar o lencinho: a adaptação dirigida por Mark Osborne (Kung Fu Panda) tem tudo para emocionar!

Resultado de imagem para o pequeno princípe o filmeResultado de imagem para o pequeno princípe o filme

Seu roteiro gira em torno da história da Pequena Garota, que é criada pela mãe de forma metódica para que esteja preparada para enfrentar o mundo adulto que a espera. Pensando tanto no futuro, a menina acaba não vivendo a infância da maneira como deveria – pelo menos não até conhecer o seu vizinho, um senhor piloto que lhe conta a história do Pequeno Príncipe. Intenso, comovente, lindo, lindo! E se você ainda não está convencido a assistir, nós te damos mais 5 razões:

1. Esta é a primeira animação inspirada no filme. O Pequeno Príncipe já foi adaptado para o cinema, em um musical de Stanley Donen de 1974, mas o filme de Osborne será a sua primeira animação – o que lhe dá uma aura ainda mais mágica, infantil e cheia de fantasia.

2. O filme é um mix de stop motion com animação digital. A história principal, que gira em torno da Pequena Garota, foi feita com animação digital, enquanto a história do Pequeno Príncipe, contada em paralelo, usa a técnica do stop motion. A mistura, além de ajudar a situar o espectador, dá ainda mais magia ao filme.

3. Marion Cotillard participa da dublagem do filme tanto na versão original, francesa, quanto na inglesa. A atriz dá voz à rosa, um dos personagens do livro de Saint-Exupéry, em ambas as versões. Ainda, o filme em inglês traz James Franco como a raposa e Benício Del Toro como a cobra.

4. A trilha sonora do filme conta com uma versão linda de Somewhere Only We Know, do Keane, cantada por Lily Allen. Como se não bastasse o roteiro lindo, a canção também é linda! 

5. Porque sim!! Como não amar?! O filme tem estreia prevista para o dia 20 de agosto. Já coloquem na agenda.

Resultado de imagem para o pequeno princípe o filme

FERNANDO CUNHA

FONTE: TAG IT – NE 10

 

Projeto original previa complexo de R$ 1,8 bilhão. Imagem: Divulgação

Projeto original previa complexo de R$ 1,8 bilhão. Imagem: Divulgação

 

A propósito deste novo capítulo na Arena Pernambuco, nesta sexta (14), este post reúne parte de minhas reportagens no JC sobre o lado financeiro desse complicado contrato, nos últimos anos. A lista serve como uma linha do tempo para entender como e quando vieram a público questões que hoje são muito conhecidas sobre as contas da Arena. Mas foram anos de trabalho. As reportagens foram produzidas quando eu era repórter na equipe de economia, do Jornal do Commercio.

 

A lista começa pelos temas mais antigos até os mais recentes. Clique nos títulos, que são links, para ler os originais.

 

1) MP QUESTIONA MODELO DE NEGÓCIOS DA ARENA DA COPA

Data: 28 de abril de 2011

Uma das primeiras reportagens sobre o que seria o grande problema da Arena Pernambuco, um contrato do governo com a Odebrecht assinado em dezembro de 2010. Quatro meses depois, Ministério Público e Tribunal de Contas da União já apontavam como “pontos críticos” do contrato a transferência total dos riscos do negócio para o Estado e recomendavam mudanças.

 

2) UPE ESTUDA CAMPUS PARA VIABILIZAR A CIDADE DA COPA

Data: 18 de maio de 2012

O contrato de Parceria Público-Privada (PPP) não era apenas para a Arena Pernambuco, mas para toda uma Cidade da Copa, lembra? Em tese, seria um complexo com shopping, hotel, escritórios etc, um investimento de R$ 1,8 bilhão. Mas como a crise mundial se agravava, cadê empresa para investir? Aí o governo avaliava a curiosa solução de uma PPP dentro da outra para viabilizar a Cidade da Copa, um campus da UPE. O parceiro que estudava o projeto era de novo a Odebrecht.

 

3) ESTADO VAI BANCAR CUSTO EXTRA NAS OBRAS DA ARENA DA COPA

Data: 23 de maio de 2012

O contrato teve um atraso de seis meses para ser assinado. Com isso, o governo determinou que a Odebrecht corresse para compensar o atraso e “antecipar” as obras a tempo da Copa das Confederações, mesmo sem saber quanto isso custaria. Foi um verdadeiro “cheque em branco”. Desde essa época, já se sabia que o custo da Arena Pernambuco não era mais o original, de R$ 532 milhões.

 

4) CONSTRUÇÃO DA ARENA TEM ALTA MULTIMILIONÁRIA

Data: 23 de maio de 2013

A Odebrecht já começava a cobrar a fatura pela “antecipação” das obras. Na reportagem, às vésperas do evento esportivo, governo admitia que orçamento da Arena Pernambuco seria superior aos R$ 532 milhões previstos originalmente, mas não divulgou o valor, que seria da “ordem de grandeza” de R$ 650 milhões. Por isso a imprecisão.

 

5)  NA FALTA DE JOGOS, ESTADO PAGA A FATURA

Data: 28 de maio de 2013

A reportagem revelou aditivo não divulgado pelo Estado. Foi assim que o público descobriu como o governo, após se obrigar a levar Náutico, Santa Cruz e Sport para São Lourenço da Mata, desistiu de garantir os jogos e deu uma garantia em dinheiro à Odebrecht, uma receita mínima à concessionária de R$ 36,6 milhões por ano (em valores da época).

 

 

6) PRONTO. GOVERNO ADMITE REVISÃO COMPLETA DO PLANO DE NEGÓCIOS

Data: 4 de julho de 2013

A bagunça ficou tão grande nas contas da Arena Pernambuco que o governo contratou uma consultoria para rever todo o plano de negócios. Claro, esperou passar a Copa das Confederações para o assunto não pipocar na imprensa internacional.

 

7) COM UM ANO PRONTA E ÀS VÉSPERAS DA COPA, SEGUIA O MISTÉRIO: QUANTO CUSTOU A ARENA?

 

Data: 11 de março de 2014

No aniversário de 1 ano da obra pronta, reportagem recorre à Lei de Acesso à Informação e questiona o governo sobre custo real das obras. A resposta? O Estado só falou do custo inicial e alegou que não sabia o novo. Simples assim.

 

8) VERBA DO CHAPÉU DE PALHA PARA A ODEBRECHT

 

Data: 5 de fevereiro de 2014

O óbvio começou a acontecer: sem jogos suficientes na Arena, governo começou a pagar “indenização” à Odebrecht, a garantia em dinheiro prometida em lugar dos jogos. No estica-e-puxa do orçamento, o então governador Eduardo Campos (PSB) teve o constrangimento de ver o emblemático programa social de seu avô, o ex-governador Miguel Arraes, ser encolhido para o dinheiro bancar parte do contrato com a Odebrecht.

 

9) GASTO COM O FUNCIONAMENTO SOBE 18 VEZES COM RELAÇÃO AO PREVISTO

Data: 11 de junho de 2014

Começou a explosão de gastos para manter a Arena Pernambuco funcionando. Enquanto previsão era de R$ 5 milhões por ano em dinheiro público, orçamento já chegava a R$ 90 milhões só em 1 ano.

 

10) MUNDIAL TERMINA SEM CIDADE DA COPA

Data: 7 de julho de 2014

Até que era meio óbvio, né? Mas a reportagem veio registrar que, apesar da previsão original ser de R$ 800 milhões para um hotel, centro de convenções e até uma Arena Indoor estarem prontos até 2014, só saiu mesmo a Arena Pernambuco.

 

BÔNUS: O ADEUS À CIDADE DA COPA

Data: 1° de março de 2015

Já em 2015, depois de assumir a coluna de política do JC, analisei a decisão do governador Paulo Câmara (PSB) de determinar uma revisão completa no contrato, inclusive o que pode levar a uma rescisão. Fiz a análise jurídica da situação para mostrar como o contrato tem uma brecha que sempre permitiu à Odebrecht a possibilidade de não fazer a Cidade da Copa sem uma sanção clara.

 

Fonte: JC – BLOG PINGA-FOGO – GIOVANNI SANDES

FERNANDO CUNHA  – 15.08.2015

GERALDO ERA PRESIDENTE E PAULO VICE NO COMITÊ GESTOR DE PPPS, ALVO DE BUSCA DA PF EM OPERAÇÃO NA ARENA PERNAMBUCO

 

 

 

Morre aos 74 anos o psiquiatra e educador Içami Tiba

Resultado de imagem para içami

Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, segundo editora.
Sepultamento será no Cemitério do Morumbi, nesta segunda-feira (3).

 

O psiquiatra, educador e escritor Içami Tiba morreu em São Paulo às 19h neste domingo (2). Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês para tratamento de um câncer desde janeiro deste ano, mas a causa da morte ainda não foi divulgada. O velório vai acontecer no Cemitério do Morumbi, em São Paulo, a partir das 8h desta segunda-feira (3). O sepultamento está programado para 16h, no mesmo local.

Suas obras foram referência para pais, filhos, educadores, psicólogos, psiquiatras e psicopedagogos. Tiba tinha uma visão considerada moderna e adequada aos dias atuais. Ele foi reconhecido por usar uma linguagem coloquial e bem humorado.Ele era filho de imigrantes japoneses, que vieram ao Brasil em 1936. Seus pais construíram um armazém em Tapiraí, no interior de São Paulo. Içami Tiba se formou em medicina pela Universidade de São Paulo, em 1968, e logo fez especialização em psiquiatria pelo Hospital de Clínicas, onde foi professor.

Içami Tiba deixa a mulher Maria Natércia, os filhos Natércia Tiba, André Luiz Martins Tiba e Luciana Martins Tiba, os netos Kaká e Dudu.

Ele foi professor de Psicodrama de Adolescentes no ‘Instituto ‘Sedes Sapientiae’; primeiro presidente da ‘Federação Brasileira de Psicodrama’ (1977 a 1978); e membro diretor da ‘Associação Internacional de Psicoterapia de Grupo’ (1997 a 2006).

Içami Tiba escreveu mais de 40 livros sobre educação, entre eles, Sexo e Adolescência (Editora Ática); Puberdade e Adolescência (Editora Ágora); Saiba Mais sobre Maconha e Jovens (Editora Ágora); 123 Respostas sobre Drogas (Editora Scipione); Adolescência, o Despertar do Sexo (Editora Gente); Seja Feliz, Meu Filho (Editora Gente); Abaixo a Irritação (Editora Gente); Anjos Caídos – Como Prevenir e Eliminar as Drogas na Vida do Adolescente (Editora Gente); Quem Ama, Educa! (Editora Gente); Homem-Cobra, Mulher-Polvo (Editora Gente) e Adolescentes: Quem Ama, Educa! (Integrare Editora). Este último livro foi lançado pela editora fundada por ele em 2005.

Fonte: G1 

Fernando Cunha – 03/08/2015