Monthly Archives: abril 2015

FEM Mulher é apresentado a prefeitos em assembleia da Amupe

Dentre as novidades do FEM 2015, está a obrigatoriedade de pelo menos 5% do valor repassado ser investido em políticas públicas voltadas para as mulheres. A aplicação dos recursos destinados ao FEM Mulher, como está sendo chamada a iniciativa, tem algumas diferenças em relação ao FEM tradicional. “Cada município precisa ter uma estrutura de políticas públicas para mulheres já estabelecida, seja uma secretaria, coordenadoria, assessoria, entre outras. A própria Secretaria Estadual da Mulher vai validar esta estrutura”, explicou Flávio Figueiredo.

Eu defendo que o Governo de Pernambuco crie um FEM Ambiental, destinando 5% dos recursos para que as prefeituras cuidem melhor do meio ambiente, onde devemos ter uma política ambiental,educação ambiental, cuidando das nascentes,das matas ciliares,da biodiversidaode animal, vegetal, do bioma caatinga que está sendo devastado no sertão, a mata atlântica, com campanhas de plantação de árvores, mudas,onde as prefeituras criem uma estruturas no organograma,pois em média 98% tem apenas no papel. Estes 5% serão destinados em conjunto com as escolas,entidades,sociedade para discutir uma política municipal que estimule campanhas educativas de reciclagem,redução do consumo de água, energia,reaproveitamento, manejo. O custo está inserido dentro do próprio FEM. As articulações devem ser da Secretaria de Sustentabilidade do Governo em acordo com as prefeituras. Um documento foi entregue ao Candidato Paulo Câmara quando o mesmo esteve na Cidade de São José do Egito em 2014 , ele elogiou e achou uma boa ideia.

Uma pequena contribuição. 22/04/2015

Fernando Cunha – Professor de Matemática,Pós-graduado em Marketing, MBA em Gestão e Planejamento Ambiental

 

A vida é uma estrada com muitas surpresas e paradas diferentes….

No Blog do Magno em 20/04/2015, ele fala que o deputado Silvio Costa tem defendido com unhas e dentes um governo que os próprios petistas não ousam defender…pois bem; em São José do Egito temos um vereador-presidente, onde sua atuação em defesa do Governo merece um registro. Veja o trecho do blog, onde ele diz:

Articulista conceituadíssima da mídia nacional, Teresa Cruvinel, foi uma das primeiras, como Lula, a reconhecer o talento de Silvio Costa e sua disposição de leão para defender o Governo. “Ele é de um pequeno partido, o PSC, mas age com a desenvoltura dos caciques das grandes siglas”, afirmou. Ambos são do PSC,tanto doido como Silvio. Falta apenas o prefeito e o Chefe de Gabinete reconhecer, como faz lula…agora, o que eles querem….

 

Fernando Cunha – 22/04/2015

 

O Governo municipal precisa urgente melhorar o relacionamento político, pois nesta altura do campeonato, com uma base frágil,com um modus operandi que se assemelha ao governo federal, pode inviabilizar futuras costuras para 2016, e com isso sobra apenas fiéis escudeiros de uma outrora vitória de pirro.

 

Fernando Cunha –  20/04/2016

SINCERAMENTE NÃO SEI QUAL A FUNÇÃO DA COPAP! E OS RESULTADOS CONCRETOS! VEJA ABAIXO MAIS UM ENCONTRO LEGAL!

COPAP SE REÚNE NESTE SÁBADO EM CARNAÍBA PARA DEBATER O TEMA ” A SECA NO PAJEÚ”

Por  em 18 de abril de 2015

COPA Comissão Parlamentar do Pajeú – COPAP, estará se reunindo agora pela manhã, no Teatro José Fernandes da cidade de Carnaíba, onde irão discutir tema relacionado ao combate a seca na Região do Pajeú.

Estarão presentes representantes do IPA, CODECIPE, SARA, DNOCS, e COMPESA para apresentar ações relacionadas ao tema. Além dos órgãos estatais acima citados, teremos também a presença do MP que é um dos parceiros nas lutas defendidas pela Comissão e do Secretário de Articulação da Casa Civil do Estado – Dr. Anchieta Patriota.

A reunião será presidida pelo vice-presidente da COPAP vereador da cidade da Ingazeira, Antônio de Pádua, uma vez que o atual presidente Augusto Martins não poderá estar no encontro devido a outro compromisso.

Fonte: Blog do Finfa

Fernando Cunha – 19.04.2015

TEMOS UMA NOVA EMPRESA – ADENSGUE -AGÊNCIA DESENVOLVIMENTO DA DENGUE….VAMOS CUIDAR DA CIDADE…. SJE PODE MAIS

Resultado de imagem para muriçoca

Agora com o MEI – MURIÇOCA EMPREENDIMENTOS INTELIGENTES

 

Estamos vendo nossa Cidade com imagens negativas, como desemprego,fechamento de empresas,obras inacabadas(segundo o atuante vereador Maurício em sua página do face);agora vem essa que o município está epidêmico da dengue, o que falta mais?veja a matéria que está no NE10 de hoje – 14/04/2015.

 

MUNICÍPIO EPIDÊMICOS –  São José do Egito, Pedra, Itapetim, Venturosa, Sanharó, Goiana, Condado, Fernando de Noronha, Iguaraci, Surubim, Itaquitinga, São Bento do Una, Belo Jardim, Calumbi, Betânia, Toritama, Buenos Aires, Iati, Lagoa do Carro, Limoeiro, Manari, Vertentes, Santa Cruz do Capibaribe, Vitória de Santo Antão e Ingazeira.

Fonte: NE10 – 14.04.2015

Fernando Cunha

 

MEIO AMBIENTE

Caça aos corruptos na Praia de Maria Farinha

Primo distante do camarão e da lagosta, o corrupto é um crustáceo que mora em galerias profundas cavadas à beira-mar

Corruptos podem beliscar com a pata em forma de pinça e não largam mais. A dica é segurar o bicho pela cauda / Foto: Fernando da Hora/JC Imagem

publicado em 05/04/2015, às 08h08

Não torça o nariz para o bichinho colorido estampado nesta página. Ele pode até nem ser assim tão bonitinho, mas tem a sua graça. Parente distante do camarão e da lagosta, a criatura vive entocada na beira da praia, nas profundezas do mar ou camuflada no manguezal. Além de se movimentar apenas nos bastidores, não se entrega fácil aos seus caçadores. Vai ver por isso o coitado ganhou o apelido de corrupto.

Quem já viu pescadores capturando o Callichirus major na praia sabe que o trabalho não é mole mesmo. É preciso meter uma bomba de sucção na toca onde o crustáceo está escondido e puxar com força. O corrupto entra pelo cano, literalmente, e é jogado no chão misturado com água e areia. Detalhe curioso, o bicho sai vivinho da silva dessa manobra, para virar isca de pesca.

Amarrado no anzol, é um atrativo para tudo quanto é peixe: camurim, carapeba, robalo, pampo e o que mais der bobeira na sua frente. “Quanto mais você tira, mais corrupto aparece. É como se fosse um mistério”, comenta Dalva Albuquerque Pereira, 60 anos, comerciante em Prazeres, no município de Jaboatão dos Guararapes, e caçadora de corrupto nas horas vagas na Praia de Maria Farinha, na cidade de Paulista.

Foi lá que encontramos Dalva e o marido, José Ronaldo Alves Pereira, 48, proprietário de uma loja de material de pesca, capturando os crustáceos. “Olha aquele buraco na areia filho, deve ter um dos grandes ali”, dizia ela, orientando Ronaldo na caçada. Com a maré baixa, cada buraquinho na areia denuncia o esconderijo do animal. Usando a bomba de pressão a vácuo, é tiro e queda.

 

Mas não é qualquer bombinha que consegue tirar o corrupto do seu esconderijo nas galerias subterrâneas, vai logo avisando Ronaldo. “Bomba de PVC não funciona porque os buracos que eles cavam são profundos e há cascalhos na areia.” Na briga com o PVC, o corrupto quase sempre leva a melhor. Para dar conta do serviço, ele fez uma bomba de inox. Agora, não tem um que escape.

O casal adotou a prática como hobby há quatro meses, apenas. “Minha esposa estava muito nervosa e começamos a pescar, por amadorismo”, revela. Caçar corrupto faz parte da terapia de Dalva. “Não tomo droga, não tomo nada, e fico em paz. A praia é único lugar onde o povo pode pisar nos corruptos. No mundo da política eles são bem mais difíceis de serem capturados”, brinca.

Com as mãos cheias, Dalva vai mostrando os crustáceos e fazendo a sua pescaterapia. “Esse vermelhinho é chamado de PT e o amarelinho, PSB”, diz ela, brincando com as cores dos partidos políticos. “Uma vez, encontrei um grande, gordinho e vermelho. Passou um homem pela praia e gritou: eita, que o senhor pegou Dilma!”, diz Ronaldo, sem segurar o riso.

O corrupto é da mesma ordem dos camarões e lagostas, mas ao contrário dos primos nobres, não costuma ser servido à mesa. Embora não haja impedimentos, garante o biólogo Petrônio Coelho Filho, professor de carcinologia (estudo dos crustáceos) no câmpus de Penedo da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). “Corrupto se come sim, ele é apenas um camarão diferente, com o abdômen mais molinho”, afirma Petrônio.

Fonte:Jc Suplementos
Fernando Cunha – 05.04.2015

 

 

Resultado de imagem para cavalo de lata

 

Você sabe o que é “Cavalo de Lata”?

A ideia foi apresentada na última quarta-feira (26) na Câmara do Recife pelo vereador Marco Aurélio (SDD). Trata-se de uma alternativa às carroças utilizadas por catadores. De acordo com a Associação Brasileira de Fabricantes de Latas de Alta Reciclabilidade (Abralatas), um Cavalo de Lata “é um carrinho elétrico que tem o objetivo de acabar com o uso de cavalos que puxam carroças em ambientes urbanos, além de auxiliar catadores de materiais recicláveis em seu trabalho.”

Apesar da relativa desinformação dos vereadores sobre o Cavalo de Lata, como se pode ver no resumo do debate, na Câmara (veja aqui), o projeto é realmente muito interessante

Os pequenos veículos têm capacidade para carregar até 500 quilos de carga e foram criados por um engenheiro gaúcho, Jason Duoni Vargas, de Santa Cruz do Sul.

Abaixo, você pode conferir um bom vídeo produzido pelo Coletivo Catarse sobre o projeto.

 

ATUALIZAÇÃO ÀS 11:56

 

Um colaborador da Pinga-Fogo lembrou que a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco possui o projeto Relix, que envolve 100 unidades da chamada Ciclolix. É uma bicicleta equipada também com capacidade para 500 kg de carga, sinalizadas e adaptadas, inclusive com amassador de latinhas.

 

ciclolix

PERNAMBUCANA A Ciclolix é parte de um projeto da Secretaria Estadual de Meio Ambiente. Foto: Divulgação

 

É também uma boa iniciativa. Para conhecer mais sobre o projeto Relix, que tem patrocínio do Sesi Pernambuco, você pode clicar aqui.

Fonte: NE10, coluna pinga fogo.

Fernando Cunha – 31/03/2015