Monthly Archives: dezembro 2014

Dá medo do comportamento do PT
Petistas se comportam como se tivessem perdido as eleições. É difícil achar futuro nisso aí

Gabriel Garcia – Do blog do Noblat

 A propósito da disputa Dilma Rousseff x Aécio Neves, um jornalista lembrou que Otto Von Bismarck dizia que nunca se mente tanto quanto na véspera de uma eleição ou depois de uma pescaria. Outra coisa que me ocorre é que o PT é um partido muito bom para ganhar, mas péssimo para aplicar um programa de governo, porque mente até não poder mais, e depois não sabe o que fazer. Tem que chamar o PSDB para lhe dizer como fazer isso.

Ou seja, o PT não tem software de política econômica, não tem cultura de administração pública, não tem convicção a respeito de responsabilidade fiscal. Ninguém precisa se aborrecer com essa coisa tão óbvia. Todo mundo sabe disso. E é o próprio partido quem diz. É bom de marketing, de rave, de alopragem. A cara do Lula, verseiro típico, como diria um argentino. Sabe falar, da boca pra fora, não sabe fazer. Sem um tucano por perto não vai longe.

Ao vencer as eleições em 2002, o que fez Lula? Chamou um tucano, Henrique Meirelles, para fazer o que tinha que ser feito, e pagou um curso de cordon bleu tucano para Antonio Palocci, o mais tucano dos petistas, para ajudar. Deu certo. Como Dilma tem mania de autossuficiência, achou que podia deixar pra lá essa parte da receita. Deu no deu. Foi preciso chamar um tucano outra vez, e aí está o ministro da Fazenda Joaquim Levy.

Agiu assim, entre outros motivos, porque o senador Aécio Neves fez uma boa campanha – não insultou Marina, lembrou as realizações tucanas, mostrou os erros ululantes do Dilma 1 e, sobretudo, deu a receita da solução para os problemas que ela criou. Eis aí o seu erro. Dilma não só fabulou a respeito de propostas que nunca teve quanto tomou o discurso tucano.

A diferença é que dessa vez o eleitor percebeu o truque e votou para acabar com ele. Claro que Dilma ganhou, por 1,5 milhão de votos (e não por 3 milhões. 3 milhões é o número bruto, mas bastaria Aécio ter tirado metade da diferença que já empataria. Aí, quem tivesse 1,5 milhão mais 1, ganharia, também), mas o que levou foi muito problema para casa. Os que já tinha e uns novos. Como o sarapatel político de sua base de apoio e a ultrajante derrocada da Petrobras. Não é à toa que a presidente comporta-se como uma derrotada.

As energias do partido, do governo, dos militantes, dos aliados deveriam estar concentradas num brainstorming destinado a encontrar uma saída para a usina de confusões que será 2015. Mas dedicam-se todos eles a se engalfinhar nas CPIs, na mídia, nos pedidos de missão à presidente, nas ruas, nas repartições, nas redes sociais. Comportam-se como se tivessem perdido as eleições. É difícil achar futuro nisso aí. Dá medo.

Fonte: Blog do Magno – 26/12/2014

Fernando Cunha

PERSONALIDADE DO ANO 2014 – FERNANDO CUNHA

 

                                    AGRADECIMENTO

 

Este Prêmio representa um reconhecimento pelo trabalho desenvovido na Cidade de São José do Egito em prol da  população, onde prestamos um serviço de qualidade,respeito,transparência,inclusão social,bancária,desenvolvimento,respeito ao meio ambiente. Este prêmio é dedicado a todos os clientes,amigos,público em geral,aposentados,jovens,poetas,poetisas.

A Deus primeiramente pela minha existência,minha família(Geize,Nanda,Geiza),Banco Santander.

Fé e Confiança.

Obrigado

 

 

Por mais uma edição, a Festa das Personalidades promovida pelo Jornal O Binóculo teve a marca do Sucesso. Figuras de seguimentos variados da sociedade egipciense foi alvo de homenagens pelos relevantes serviços prestados ao município. O local do evento foi o plenário da Câmara Municipal que estava elegante para receber os convidados.

Personalidades do mundo social, (jurídico, político, jornalístico, radiofônico, empresarial e religioso), se fizeram presentes para serem condecorados entre esses sem desmerecer os outros o Juiz de Direito da 2ª Vara de São José do Egito, o Dr. Adelson Freitas, o padre Hélio, a Capitã Mirelly Oliveira, Comandante da 3ª Companhia, o advogado Dr. Adalberto Júnior, o vereador Maurício, Presidente da Câmara Municipal, a Secretária Municipal, Acidália Xavier, os pastores Dário e Aldeci, da Assembléia de Deus, o vereador Albérico, Fernando Cunha do Banco Santander, dentre outros.

Fonte: Blog do Itamar

O perfil do secretariado de Paulo Câmara

PUBLICADO EM 15/12/2014 ÀS 18:19 POR  EM NOTÍCIAS
Antônio Figueira (PSB) – Casa Civil Médico especializado em administração hospitalar, Antônio Carlos Figueira, 53 anos, foi secretário de Saúde do governo Eduardo Campos (PSB) de 2011 a abril deste ano, além de adjunto da mesma pasta na segunda e na terceira gestão do avô do socialista, Miguel Arraes (PSB). Filiado ao partido em 2013, nunca exerceu cargos eletivos. Antônio Figueira foi coordenador de campanha de Paulo Câmara.
Danilo Cabral (PSB) – Planejamento e Gestão Embora seja deputado federal desde 2010, Danilo Cabral passou a maior parte desses quatro anos como secretário no Governo de Pernambuco, à frente das pastas de Educação e das Cidades. O parlamentar é formado em direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e é auditor concursado do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE). Filiado ao PSB desde 1995, foi vereador do Recife e ocupou cargos na Prefeitura da capital pernambucana.
Ennio Benning – Imprensa Assessor de comunicação na campanha de Paulo Câmara, o jornalista Ennio Benning também foi secretário de Imprensa de Pernambuco no governo de Jarbas Vasconcelos (PMDB) entre 2005 e 2006. É formado pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) e já foi repórter e editor do Jornal do Commercio e do Diario de Pernambuco.
Felipe Carreras (PSB) – Turismo, Esportes e Lazer Empresário do setor de entretenimento, Felipe Carreras foi secretário de Turismo e Lazer do Recife até abril deste ano, quando saiu para se dedicar à campanha para deputado federal, eleição que venceu. É casado com uma sobrinha de Renata Campos, viúva do ex-governador Eduardo Campos (PSB), e filiado ao partido desde 1995, atuou na coordenação da Juventude Socialista Brasileira de Pernambuco e foi Secretário Nacional de Juventude.
Frederico Amâncio – Educação Frederico Amâncio integra o Governo de Pernambuco desde 2010, ocupando os cargos de secretário de Saúde (2010), vice-presidente e presidente do Porto de Suape (2011) e secretário de Planejamento e Gestão (desde 2012). Baiano, é auditor fiscal da Secretaria da Fazenda desde 1995 e formado em administração pela Universidade de Pernambuco (UPE) e em direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com pós-graduação em economia aplicada à Gestão Fiscal pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).
Sebastião Oliveira (PR) – Transportes Médico formado pela Universidade de Pernambuco (UPE), iria para o primeiro mandato na Câmara Federal, já tendo sido eleito outras vezes deputado estadual pelo PR (Partido Republicano). Filho do ex-deputado e ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado, é de Serra Talhada, terra do tio Inocêncio Oliveira, seu padrinho político. Foi secretário de Transportes na primeira Gestão Eduardo Campos.
Secretário Marcio Steffani. Márcio Stefanni – Fazenda Atual secretário de Desenvolvimento Econômico, cargo que ocupa desde 2012, Márcio Stefanni entrou no Governo do Estado no início daquele ano, comandando a Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper). Stefanni é servidor concursado do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) desde 2002.
Milton Coelho (PSB) – Administração Integrante da Executiva Nacional do PSB, Milton Coelho acompanha Eduardo Campos (PSB) desde o último governo de Miguel Arraes, na década de 1990. Após a gestão, voltou para o Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), passou pela Secretaria de Administração do Recife e pelo Ministério da Ciência e da Tecnologia, comandado por Eduardo, até voltar para a capital pernambucana, de onde foi vice-prefeito. Milton Coelho sempre esteve no alto escalão do PSB do Estado.
Waldemar Borges (PSB) – Líder do Governo O economista é líder do governo na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) desde 2011, seu primeiro ano de mandato como deputado estadual. De 2007 a 2010, Waldemar Borges foi secretário de Articulação Social no Governo Eduardo Campos, e secretário-executivo do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social de Pernambuco. Atualmente no PSB, ele, que iniciou sua militância política na juventude, foi presidente estadual do PMDB Jovem, entre 1985 e 1986, e do PPS por duas vezes. Além disso, foi vereador do Recife em quatro mandatos e assumiu secretarias e a gestão de órgãos da administração municipal.
Thiago Norões – Desenvolvimento Econômico Thiago Norões, primo de Eduardo Campos (PSB), foi procurador-geral do Estado de 2011 até o fim deste ano. Formado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), é procurador desde 1993.
Nilton Mota (PSB) – Agricultura e Reforma Agrária Ex-secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos do Recife e ex-secretário de Educação do Estado, na gestão Eduardo Campos. Disputou pela primeira vez uma eleição, sendo eleito deputado estadual.
André de Paula (PSD) – Cidades André, 53 anos, é advogado, formado em direito pela Universidade Federal de Pernambuco. Em 1999 assumiu pela primeira vez uma cadeira na Câmara dos Deputados pelo PFL (Partido da Frente Liberal), hoje DEM. Nos oito anos da gestão Jarbas, comandou as secretarias do Trabalho e Ação Social; de Produção Rural e Reforma Agrária do Estado de Pernambuco.
Lúcia Melo – Ciência, Tecnologia e Inovação Engenharia química pela Universidade Federal de Pernambuco, Lúcia Carvalho Pinto de Melo foi presidente da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco entre os anos de 1995 e 1999. Tem estrado em física pela UFPE e em energia e meio ambiente pela Universidade da Califórnia.
Rodrigo Amaro – Controladoria-Geral do Estado Rodrigo Amaro é, desde 2011, diretor-presidente da Pernambuco Participações e Investimentos S.A. (Perpart). O administrador, que é mestre em ciências contábeis e professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), atuou como chefe de Auditoria e como gerente de Auditoria, Prestação e Tomada de Contas da Secretaria da Controladoria Geral do Estado (SGCE).
Marcelino Granja (PC do B) – Cultura Formado em engenharia civil pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Marcelino Granja é analista tributário da Receita Federal. Filiado ao PCdoB desde 1982, foi secretário de Ciência e Tecnologia durante três anos, na gestão Eduardo Campos, e também secretário da Fazenda e Administração de Olinda, durante a gestão da então prefeita Luciana Santos.
Alessandro Carvalho – Defesa Social Baiano, o delegado da Polícia Federal Alessandro Carvalho é o atual secretário de Defesa Social, tendo assumido a vaga no lugar de Wilson Damázio, em 2013. Especialista em Gestão de Políticas de Segurança Pública pela Academia Nacional de Polícia, antes de assumir o comando exerceu o cargo de secretário executivo de Defesa Social entre julho de 2010 e dezembro de 2013.
Isaltino Nascimento (PSB) – Desenvolvimento Social, Criança e Juventude Secretário de Transportes de 2011 a 2013, no governo de Eduardo Campos (PSB), Isaltino Nascimento (PSB) se candidatou e foi eleito pela primeira vez em 2000, ainda pelo PT, para a Câmara Municipal do Recife. Dois anos depois, entrou na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) pela primeira vez, onde está há três mandatos. Este ano, Isaltino não foi reeleito.
Pedro Eurico (PSDB) – Justiça e Direitos Humanos Pedro Eurico se destaca por sua atuação na defesa dos direitos humanos. Iniciou sua carreira política como advogado militante da Comissão de Justiça e Paz, ligada a Arquidiocese de Olinda e Recife. Em 1982, foi eleito pela primeira vez vereador do Recife, tendo também ocupado o cargo de deputado estadual pelo PSB. Na gestão do governador Miguel Arraes, foi secretário de habitação.
Evandro Avelar (PSDB) – Micro e Pequena Empresa, Qualificação e Trabalho Evandro Avelar é engenheiro civil, filiado ao PSDB. Foi secretário de Infraestrutura e Mobilidade Humana de Jaboatão dos Guararapes e, na gestão do governador João Lyra Neto, que substituiu Eduardo Campos, foi titular da Secretaria das Cidades. Já exerceu os cargos de diretor geral da Agência de Desenvolvimento de Pernambuco (Adene), além de diretor presidente da Empresa Metropolitana de Transporte Urbano (EMTU) no governo Jarbas.
Sérgio Xavier (PV) – Meio Ambiente e Sustentabilidade Nascido na Bahia, Sérgio Xavier é jornalista, ecologista e empreendedor da área de comunicação digital. É um dos fundadores do Partido Verde no Brasil e em Pernambuco. Já ocupou cargos executivos nacionais no Ministério do Meio Ambiente, Ministério da Cultura e Sebrae. Após a aliança PV-PSB, em 2011, tomou posse como primeiro secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco.
Sílvia Cordeiro – Mulher Médica sanitarista e feminista, Sílvia Cordeiro é fundadora e ex-coordenadora do Centro das Mulheres do Cabo. Até este ano, foi secretária da Mulher do Recife, pasta criada na gestão do prefeito Geraldo Julio, em 2013.
José Iran Costa Júnior – Saúde Médico oncologista, em 2013 foi nomeado pelo então secretário de Saúde de Pernambuco, Antônio Figueira, interventor do Hospital do Câncer de Pernambuco

Fonte:Blog do Jamildo

Fernando Cunha

GLOBO NÃO RENOVA CONTRATO COM XUXA APÓS 28 ANOS DE CASA, DIZ COLUNISTA

Xuxa não será mais funcionária da TV Globo em 2015, garante o colunista Daniel Castro.

De acordo com ele, a emissora não renovou o contrato com a apresentadora e, assim, ela ficará livre para poder negociar com a Rede Record, como já vinha sendo especulado. Xuxa está na Globo desde 30 de junho de 1986, quando estreou o "Xou da Xuxa".

No início de 2014, o setor de Comunicação da Globo informou que a apresentadora tinha renovado com o canal por mais três anos. Só que tinha um detalhe ainda não divulgado… O contrato previa renovação a cada 12 meses. E o primeiro período vence agora, no final de dezembro, e não terá continuidade. Procurada por Purepeople, a Globo não confirma as informações veiculadas. "No final do ano, todos os artistas da casa sentam para conversar, mas não comentamos negociação de contrato", limitou-se a dizer a porta-voz.

Recentemente, ao ser abordada pela imprensa sobre sua possível ida para a Record, Xuxa limitou-se a dizer: "Tenho contrato com a Globo que devo cumprir". Caso seja confirmada sua ida para o canal do bispo Edir Macedo, já se especula que lá ela ganharia um salário em torno de R$ 5 milhões. E mais: seu programa seria exibido aos sábados, à tarde, no horário atualmente ocupado por desenhos animados e uma edição especial do "Cidade Alerta".

Baixa audiência motivou desligamento

Em conversa com o colunista Daniel Castro, uma alta fonte da Globo contou que o principal motivo para a não-renovação de Xuxa é basicamente a audiência. A apresentadora não seria mais vista na emissora como sinônimo de ibope. Vale lembrar que, em novembro de 2012, ela chegou a perder para o desenho animado "Pica-Pau", exibido na Record, quando ainda apresentava seu último programa, o "TV Xuxa".

O diretor do programa, Mário Meirelles, na época, chegou a demonstrar no Twitter sua insatisfação com o fato. "Atenção retardados que estão assistindo Pica-Pau, começou a TV Xuxa", escreveu ele, no microblog, enquanto a Record marcava 9 pontos e, o programa dirigido por ele, apenas 7. "Não falei do público infantil e, sim, dos adultos que preferem perder uma homenagem à Fernanda Montenegro. Não vou perdoar a massa burra, que gosta de ser manipulada", completou o diretor.

Inflamação no pé afastou Xuxa da TV

Xuxa está afastada da TV desde janeiro, quando se despediu para cuidar de uma sesamoidite, inflamação que atinge ossos do pé devido ao uso contínuo de salto alto. Por causa do afastamento, a apresentadora teve que usar uma bota ortopédica e só deixou o acessório em novembro deste ano, com comemoração nas redes sociais.

Quando ainda estava usando a bota, ela participou do programa "Altas Horas" e disse não saber quando voltaria à TV. "Se eu for fazer programa, vou ter que ficar muito tempo sentada e não é legal. E agora tem TV a cabo… Acho que vou me dedicar aos meus DVDs mesmo.Acho que não volto para a TV nem em 2015", disse ela.

"Não acho justo oferecer isso para a Globo. E nem a Globo me oferecer algo. Acho bom, assim as pessoas tiram férias da minha cara. Tem gente na TV que você não aguenta mais ver a cara", brincou Xuxa. "Esse é um ano atípico para mim e para todos nós. Carnaval, Copa do Mundo, eleições, e eu ainda quebrei o pé. O osso que eu quebrei não calcifica. Estou fazendo fisioterapia todo dia e fazendo de tudo pra não precisar operar", completou.

Record já foi processada por Xuxa

Vale lembrar que em outubro a Record perdeu na Justiça uma ação movida justamente por Xuxa. A emissora teve que pagar R$ 100 mil de indenização para ela porque exibiu, em 2012, fotos dela nua, no "Programa do Gugu", na reportagem "As incríveis transformações das famosas". Nos autos, a apresentador alegou que sua imagem foi exibida sem sua autorização e argumentou ainda que a foto nua era destinada apenas para o público masculino e com idade maior de 18 anos.

 

fONTE: MSN NOTÍCIAS.

FERNANDO CUNHA

PEREBA VOLTOU,E COM ELE ALGUMAS PEQUENAS GOTAS…..

– QUEM VAI GANHAR O DUELO; ZÉ OU O PREFEITO?

-O MANDATO DO  ATUAL PRESIDENTE DA CÂMARA, FOI O QUÊ AFINAL?

-PARECE QUE É TUDO JOGO DE CENA?

-QUEM MANDA AFINAL NA PREFEITURA?

-SE DAVID FOR O ELEITO, VAMOS VER A DUPLA EVANDRO E ZÉ JUNTOS?

-O PREFEITO ESTÁ SE CACIFANDO PRA 2016

 

SÃO JOSÉ DO EGITO – 15/12/2014.

2014: O ANO DA SELFIE

(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Caso você ainda não tenha percebido, este foi o ano da . O termo em inglês faz referência aos autorretratos. Na prática, a palavra surgiu em 2012 e, no ano passado, foi eleita a palavra do ano pelo Dicionário Oxford da língua inglesa.

Mas, neste ano, sua popularidade decolou de vez. O termo foi mencionado 92 milhões de vezes no  neste ano, 500% a mais do que em 2013. Além disso, uma selfie se tornou o post mais republicado na história . A foto feita pela apresentadora  no Oscar, onde apareciam diversas celebridades de Hollywood, foi retuitada um milhão de vezes na primeira hora em que estava no ar.Até hoje, já foi republicada mais de 3,3 milhões de vezes.

Foto do ano

A imagem também foi considerada a foto do ano pela revista Time. “A audiência para fotos vem crescendo exponencialmente graças à internet e aos smartphones”, disse a revista. “Fotos viajam muito rápido por diferentes plataformas, atingindo milhões de pessoas em questão de segundos. E isso ficou evidente na foto feita por Ellen DeGeneres”.

Também neste ano, a Copa do Mundo foi o evento mais falado no Twitter, com 672 milhões de tuítes comentando o campeonato. Mesmo no Mundial, a selfie fez-se fortemente presente. A foto tirada pelo jogador alemão Lukas Podolski junto com a chanceler Angela Merkel durante a celebração do título da seleção do país foi uma das fotos mais populares da rede social.

“A loucura em torno da selfie continua e não dá sinais de que esteja perdendo força”, disse Lewis Wiltshire, diretor de parcerias de mídia do Twitter no Reino Unido, ao jornal The Daily Mail. Por isso, se você estiver cansado da mania do autorretrato, assim como muitas pessoas, respire fundo: 2015 vem aí e, junto com o novo ano, uma enxurrada de selfies nas redes sociais. [Da BBC Brasil]

 

Fonte: NE10 – MundoBit

Fernando Cunha