Monthly Archives: outubro 2013

Vivendo a vida do Outro

 

 

Tem dias assim: você já acorda chorando. Nem sabe porquê – ou se sabe usa disfarces. Disfarces sempre existem para esconder a dor. A dor do desamor. Por isso, o Outro não percebe. Ou se percebe, disfarça. Desamor tem a ver com farsa. A farsa de uma vida não vivida como você gostaria de viver. Você está sempre correndo atrás do Outro. Você não vive a sua vida porque vive a vida do Outro. Como sente-se abandonado (a), como sente-se desprezado, está sempre com o GPS ligado, rastreando os passos do Outro. Vidas guiadas por controle remoto. Querer conduzir, acompanhar, estar nos mesmos lugares. Desamor combina com ciúme. Aquele ciúme descontrolado, possessivo. Aquele ciúme que surgiu de tanto que o Outro aprontou. Aquele ciúme de quem não tem acesso à vida Dele. Aquele ciúme de quem não é cúmplice. O Outro não lhe dá essa chance. O Outro só quer levar a vida assim usando a todo momento a expressão “relaxa”. Um relaxa que significa: não quero compromisso, sua vida não me interessa, quero apenas um ficar mais prolongado. Não cobre, não nutra esperanças, não espere de mim o que não posso lhe dar.

O mal-amado não tem paz. A imagem do Outro toma conta de você quando coloca a cabeça no travesseiro. Esta é a pior hora, quando o desamor se instala e chega junto com a solidão. Você ainda espera que o Outro ligue na madrugada para dizer boa noite. Ainda espera que ele (ela) mande uma mensagem dizendo que lhe ama. Nada disso acontece. Na cabeceira, o remédio contra o desamor já espera por você. Você toma o comprimido como se fosse para depressão. Mas, na verdade, é para o desamor que você está buscando um paliativo. É, porque não passa assim tão rápido. A dor persiste. Você cura um aranhão num minuto mas a dor do desamor leva você cada vez mais fundo, cada vez mais à lama, à falta de identidade total.

Vander Lee canta tão bem essa dor. “Meu amor… deixa eu chorar até cansar/Me leve pra qualquer lugar/Aonde Deus possa me ouvir/Minha dor…/Eu não consigo compreender… Nas madrugadas frias, sozinho na cama, você escuta Gal Costa cantando baixinho essa música. Por que o Outro não abre o jogo de uma vez e não liberta você do sofrimento? Simples assim: chegar, de uma maneira curta e grossa, e dizer: “Não quero envolvimento amoroso com você. Quero apenas sexo”. Não fossem as cabeças complicadas e seríamos todos felizes. Como se a vida não passasse rapidamente. Um dia nós quase morríamos juntos num acidente de carro. Nem isso fez você enxergar a vida de maneira diferente. Nem isso fez você se tocar do sentimento que nos une. Por que? Porque você insiste em viver e propagar o desamor. Afinal, a gente pensa que só é com a gente que acontece. Mas, não. O desamor não é unilateral.

Por uma fração de segundos, algo como num flash, você quer se livrar de tudo. Deixar para trás tamanho sofrimento e recomeçar. Embalado ainda na música de Vander Lee você sussura e chora: “Sabe o que eu queria agora, meu bem…?/Sair chegar lá fora e encontrar alguém/Que não me dissesse nada/Não me perguntasse nada também/Que me oferecesse um colo ou um ombro/Onde eu desaguasse todo desengano…

extraído de coisas do coração,em 26/07/2013,Sebastião Araújo,DP
Fernando Cunha, SJE 03/10/2013, às 23hs

          

Ministro Noronha amplia placar contra registro da Rede

Publicado em 03.10.2013, às 21h25

 

O ministro João Otávio de Noronha, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), votou na noite desta quinta-feira, 03, pela rejeição do registro de criação do partido Rede.

Noronha seguiu o voto da relatora do processo, ministra Laurita Vaz, que apresentou o mesmo entendimento.

“A questão não se resolve apenas no campo ético”, disse. “A questão se resolve no campo da legalidade. A ausência de número mínimo de apoiamento não cabe apenas da resolução do Tribunal Superior Eleitoral, é antes uma exigência de lei”, acrescentou.

O ministro também lembrou que mantido a rejeição da Rede, Marina terá outras opção de partido. Atualmente há 32 legendas no país.

Fonte: Agência Estado

O partido REDE, da Senadora Marina Silva, infelizmente não foi aprovado,conforme se verifica acima. Mas cabe algumas indagações inerente a este processo: O Tribunal Eleitoral decidiu politicamente ou conforme suas regras obscuras? A quem interessa? Porque não aceitaram as assinaturas? Onde está a democracia? Será que os ministros são isentos? porque LULA já cantava loas sobre este julgamento?Amanhã vão aparecer milhões de políticos lamentando o ocorrido!são lágrimas de crocodilo!Marina, foi uma lutadora até o fim,merecia esta oportunidade, e nós sonhávamos com esta possibilidade. O conceito de REDE, é de integrar todos os públicos envolvidos, os chamados” stakeholders”,como a comunidade,pessoas,políticos,sociedade,governo,ongs,escolas,empresas. Perdemos uma oportunidade na eleição de 2014, de uma escolha que poderia mudar os cenários, e termos uma opção que vislumbre novos tempos. Nestes tempos em que Marina Silva correu atrás para a criação do REDE, foi vítima da própria REDE de corrupção,REDE de intrigas, REDE da sacanagem, REDE dos sem vergonha, REDE do TSE, ou seja, CAIU na REDE não é peixe, é PIZZA. 

Fernando Cunha

SJE, 03/10/2013, às 22:10

Hoje, 30/09/2013, eu e minha esposa fomos ao hospital municipal de são José do Egito, levar minha gatinha Maria Fernanda,que está doente,com dor na barriga e diarréia;fomos para recepção e perguntamos se tinha médico;a resposta foi positiva. E fomos para o corredor dos mortais. Aguardamos um pouco a Dra. de plantão;um funcionário nos atendeu e aferiu a pressão;quando a médica chega,vamos logo levando nanda para que a veja; a mesma pergunta o que ela tinha;perguntou se tinha alergia a dipirona;não fez um exame,nem olhou direito pra ela;já encaminhou para a ala de pediatria; lá vem a enfermeira e pede a meu anjinho a mão e aplica um soro;pude perceber como está sujo a ala de pediatria;sujeira, formiguinhas, que é uma mistura para uma futura infecção hospitalar! agora o melhor está para o grande finale: fui perguntar a Dra de nariz arrebitado, porque ela não disse que minha filha teria que tomar soro;para minha surpresa a resposta veio a galope; e preciso informar tudo bem direitinho? respondí; claro que sim! saiu arretada,parece que não gostou! o atendimento ao cliente é fundamental para qualquer instituição;acredito que o curso de medicina tenha disciplina de como atender bem um paciente! precisamos de profissionais cada vez mais capacitados,pois é a vida humana que está em jogo, e naquele momento a minha razão de viver, que é minha filha.

Fernando Cunha

Sje, 01/10/2012 às 00:54hs

Esta é para raxar a cuca caro jovem de são josé do egito, ou  caso você leia e se esqueça não vai a lugar nenhum.

Você é do tipo que passa o domingo assistindo o faustão? Dá bom dia a ana maria braga? Vale a pena refazer de novo sua vida!

O que você acha que o chico sciense fez valer a pena? E  se sua alma for pequena cara pálida? Esta verborragia faz com que as cabeças pensantes mutantes da noite que querem fazer algo para ser diferente não conseguem! Aqui se faz rock!qual a qualidade desta panacéia desvairada? É um grupo ou um grupinho de juntadores de figuras sem cola? Para onde vocês querem ir? Se somente você e sua mãe sabe, então faça o seguinte: vomite nesta porcaria de privada da sua casa e depois vá estudar mais para aprender a trocar as fraldainhas baby.

Rock,punk,heavy, e outras coisitas mais, se faz com atitude real, ou seja chama a galera esperta, faça um planejamento;pois é cara, roqueiro tem que fazer também brother, se não sifu!

Aluga uma garagem(vocês tem né) ou pode ser no cemitério a meia-noite para fazer o ritual da mudança – cantem – quem não muda dança!

Bom, este papo é tudo emblomation, e ou o zé do caixão quem sabe aparece.

 

Abçs

 

O camaleão

 

BATE-PAPO IMAGINÁRIO ENTRE O GORDO LEVE E PEREBA LÁ NO CIPÓ

(P) – E AÍ MEU BROTHER GORDINHO LEVE, COMO VÃO AS COISAS?

(GL)-BEM, AS COISAS VÃO BEM

 (P)-VOCÊ É CANDIDATO?

 (GL)- VAI DEPENDER DE MUITOS FATORES!

(P)-E QUAIS SÃO ELES?

(GL)-SE DUDU FOR, EU VOU,SE NÃO FOR,SÓ EM 2014

(P)-É VERDADE QUE VOCÊ VAI APOIAR UM LEÃO?

(GL)-BEM, TALVEZ,PODE SER,NÃO SEI!

(P)-VOCÊ É CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL?

(GL)-VEJA SÓ;SE EDUARDO FOR CANDIDATO A PRESIDENTE, É UMA COISA,SE NÃO FOR É OUTRA COISA!

(P)-O PREFEITO DE SJE VAI APOIAR VOCÊ?

(GL)-EU ACHO QUE SIM,TALVEZ,VAMOS VER EM 2014

(P)- DIZEM QUE SÓ FALTA ESCOLHER O VICE DE 2016!

(GL)-OLHE BEM, SE 2014 TÁ LONGE,IMAGINE 2016

(P)- E O PREFEITO TÁ TRABALHANDO?

(GL)-TÁ, FAZENDO CALÇAMENTO,CASAS,TÔ PRESTIGIADO!TEMOS O LÍDER DO GOVERNO, SECRETARIA E SEMPRE QUE TEM ALGUMA COISA ELE MIM CHAMA

(P)-AFINAL DE CONTAS,VOCÊ É CANDIDATO?

(GL)-DEPENDE, SE O LULA VIR,SE A MARINA NÃO CONSEGUIR,SE O EDUARDO NAO FOR,SE A DILMA SE RECUPERAR; O FUTURO A DEUS PERTENCE;QUERO DIZER AO MEUS AMIGO QUE 2014, SÓ EM 2014,2016 SÓ EM 2016

AO  FINAL DA CONVERSA, PEREBA TEM UMA CERTEZA:O GORDINHO É UM CRAQUE,NÃO É À TOA QUE DUDU, O CHAMA DE PROFESSOR. 

EU QUERO É SER SEU AMIGO…